COMUNICAÇÃO
GERAL

1º de Maio: grande ato será no Anhangabaú

27 Apr 2023 67 VISUALIZAÇÕES

As manifestações do 1º de Maio serão realizadas em conjunto pela CUT, Força Sindical, UGT, CTB, NCST, CSB, Intersindical e Pública, pelo quinto ano consecutivo. O tema do Dia do Trabalhador e da Trabalhadora deste ano é “Emprego, direitos, renda e democracia”, com 15 pautas prioritárias.

O principal ato será no Vale do Anhangabaú, centro de São Paulo, a partir das 10h, com participação do presidente Lula, líderes de movimentos populares e sindicalistas, além de atrações musicais.

Na parte artística, haverá apresentarão de Zé Geraldo, Leci Brandão, Toninho Geraes e Almirzinho, Dexter, Edi Rock, MC Sofia, Ilú Obá de Min, Arnaldo Tifu, DJ Cranmarry, Samantha Schmütz & Gêmeos da série Sintonia. O ato será transmitido nas redes sociais e canais do YouTube da CUT e outras centrais sindicais.

Segurança no Anhangabaú

Por determinação dos órgãos de segurança pública, o acesso ao Anhangabaú será só pela lateral da avenida São João, em frente à praça do Correio. Todos passarão por pórticos com detectores de metais e revista em bolsa e mochila. A área do ato será cercada por tapumes.

Não será permitido comércio ambulante, assim como objetos cortantes, perfurantes, rígidos, fogos de artifício, latas e garrafas, inclusive plásticas. Bebidas vendidas nos quiosques serão servidas em copos. Haverá dois pontos para distribuição de água potável.

O evento terá 400 seguranças privados além do contingente da Polícia Militar, 300 banheiros químicos e dois postos médicos – um próximo à lateral do palco e outro na confluência da São João com o Anhangabaú, em frente ao prédio dos Correios.

O melhor acesso é pelo Metrô: descer na estação São Bento, da Linha 1-Azul, e seguir pela saída para o Vale do Anhangabaú.

Saiba mais sobre o 1º de Maio de 2023 nas páginas das centrais no Instagram, no Facebook e no Twitter. Confira no site da CUT o local e horário do ato em seu estado.

Fonte: CONTRAF