GERAL

Campanha Nacional dos Bancários é debate principal no Seminário de Planejamento 2024 da FETEC-CUT/SP

27 Feb 2024 79 VISUALIZAÇÕES

A FETEC-CUT/SP iniciou seu Seminário de Planejamento para 2024 na manhã desta segunda-feira (26), com foco prioritário na Campanha Nacional dos Bancários. O evento, que continua nesta terça-feira (26), conta com a participação de dirigentes de toda a base da entidade. Aline Molina, presidenta da entidade, exaltou o papel da FETEC SP na Campanha Nacional.

“A FETEC SP é a maior federação da base da Contraf-CUT, e nossa unidade fortalece toda a Campanha Nacional”, disse Aline, que também é secretária de Formação do Seeb SP.
“Temos muito orgulho de sermos a única categoria da América Latina a ter uma CCT válida em todo o território nacional, e neste ano temos o desafio de garantir e ampliar direitos em 2024.

Conjuntura internacional
A presidenta Aline abordou o ideário progressista para as populações do planeta, mas também acentuou o retorno de idéias conservadoras no continente europeu, e algumas experiências de governos de ultra-direita, como a Argentina. O conflito, que há mais de 140 dias assola os palestinos em Gaza e na Cisjordânia, foi também tocado na análise da conjuntura internacional. “O presidente Lula será reverenciado no futuro por ter sido o primeiro líder mundial a denunciar o que ocorre hoje na faixa de Gaza.

Aumento real e garantia de direitos
Neiva Ribeiro, presidenta do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e região, destaca que a negociação dos bancários difere do que ocorre no restante do mundo.

“Além da nossa CCT, válida em todo o país, somos pioneiros em diversos debates e conquistas, como a criação da mesa de Igualdade de Oportunidades, criada há 23 anos, com o Ministério Público comprovando haver uma grande desigualdade na promoção de mulheres, negros e negras, que, com muita luta, conseguem avançar apenas até o terceiro nível de promoção.”

‘’A Campanha Nacional fomenta o debate sobre as reestruturações, a defesa do emprego, o combate às metas abusivas e adoecimento, e pela construção de ambiente de trabalho saudável. A importância dos bancos públicos continua na pauta. Neste ano, aumento real e manutenção dos direitos são fundamentais’’, pontua Neiva.
Ela destaca que em 2024, a luta pela jornada de quatro dias também será amplificada.

O deputado estadual Luiz Carlos Marcolino e o advogado Dr. Mario de Souza Filho também estiveram presentes na abertura do Planejamento.

Calendário
Ana Lúcia Ramos Pinto, secretária-geral da FETEC SP, destacou que o objetivo do Planejamento é alinhar propostas de ação para o calendário de 2024.

 “Neste ano, nossa prioridade é a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho”, disse Ana, destacando pontos-chave do calendário, como o lançamento da Consulta Nacional para a categoria bancária em abril, os debates sobre a renovação da CCT.
“Em maio, teremos a Conferência Estadual dos bancários da base da FETEC-SP, quando discutiremos a minuta de reivindicações dos bancários a ser defendida em nível nacional’’, informa.

O Seminário prossegue nesta terça-feira (27) com uma mesa especial sobre Comunicação.
Acompanhe detalhes do evento também em nossas redes sociais.

Fonte: FETEC CUT SP