Presidente da Petrobras pede demissão

20 Jun 2022 89 VISUALIZAÇÕES

São Paulo – O presidente da Petrobras, José Mauro Coelho, anunciou a renúncia do cargo na manhã desta segunda-feira (20). Fernando Borges, diretor executivo de Exploração e Produção da Petrobras, foi nomeado pelo Conselho de Administração como interino até efetivação de um novo presidente.

A demissão ocorre após uma escalada de críticas feitas pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) e o presidente da Câmara, Arthur Lira (PL), à estatal, que anunciou, durante o feriado, novos aumentos no preço da gasolina e do diesel para as distribuidoras.

Petroleiros e caminhoneiros criticaram os novos reajustes na gasolina (5,18%) e diesel (14,26%) que a Petrobras anunciou na sexta-feira (17). Para a Federação Única dos Petroleiros (FUP-CUT), o presidente Jair Bolsonaro “debocha” dos brasileiros ao criticar os aumentos, enquanto mantém a política de Preço de Paridade de Importação (PPI). A Associação Brasileira de Condutores de Veículos Automotores (Abrava) recebeu a notícia com “indignação” e afirmou que o “chilique” de Bolsonaro não resolve o problema.

De acordo co Dieese, o preço do diesel nas refinarias já subiu 203% durante o governo Bolsonaro. Entre janeiro de 2019 até agora, a gasolina também acumula alta de 169,1%, e o gás de cozinha, de 119,1%. Enquanto isso, o salário mínimo aumentou 21,4% no período.

Após o anúncio dos novos valores, Bolsonaro defendeu a criação de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar a Petrobras, seus diretores e conselheiros. “Nossa ideia é propor uma CPI para investigar a Petrobras, seus diretores e os membros do Conselho. Queremos saber se tem algo errado nessa conduta deles, porque não é possível se conceder um reajuste com o combustível lá em cima e com os lucros exorbitantes”, disse, em entrevista à Rádio 96 FM de Natal, na última sexta (17).
Leia também: Bolsonaro ataca Petrobras para esconder que não consegue resolver a crise dos combustíveis

Segundo o chefe do Executivo, seus aliados no Congresso devem pedir a abertura do inquérito ainda nesta segunda-feira (20). A proposta ganhou apoio também entre políticos da oposição ao governo. “Conversei ontem com o líder da Câmara [deputado Ricardo Barros] para a gente abrir uma CPI segunda-feira. Vamos para dentro da Petrobras”, disse. “É inadmissível, com uma crise mundial, a Petrobras se gabar dos lucros que tem”, acrescentou.
Confira a nota da empresa

Petróleo Brasileiro S.A – Petrobras, informa que o senhor José Mauro Coelho pediu demissão do cargo de presidente da empresa na manhã de hoje. A nomeação de um presidente interino será examinada pelo Conselho de Administração da Petrobras a partir de agora.

Fatos considerados relevantes serão prontamente comunicados ao mercado

Fonte: Rede Brasil Atual | Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil