CEF

Sob ameaças do governo Temer, empregados da Caixa em SP realizam assembleia nesta quinta-feira

19 May 2016 19 VISUALIZAÇÕES

Por iniciativa do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, e para fazer frente às ameaças propostas pelo governo golpista de Michel Temer, empregados da Caixa Econômica Federal participam nesta quinta-feira (19), a partir das 19h, de uma assembleia, que será o primeiro passo na organização de uma forte campanha nacional salarial unificada em 2016.

Na pauta do evento estão questões como a luta pela manutenção da Caixa 100% pública, a melhoria nas condições de trabalho por meio de mais contratações, o fim do assédio moral e a valorização profissional. O objetivo é aprofundar os temas que estarão em debate no 32º Congresso Nacional dos Empregados da Caixa (Conecef), que ocorrerá de 17 a 19 de junho, em São Paulo (SP).

A cada dia, segundo o Seeb/SP, os empregados vêm deparando-se com noticiário sobre o futuro da Caixa no governo Temer. Diante desse cenário, a entidade diz que a única saída para os trabalhadores do banco é ampliar a organização para defender o caráter 100% público da instituição na campanha salarial deste ano, com ênfase para a mobilização por melhores condições de trabalho e por valorização profissional.

Caberá ao 32º Conecef debater a organização do movimento, a Caixa 100% pública, a saúde do trabalhador e condições de trabalho, Saúde Caixa, Funcef, segurança bancária, jornada, isonomia, carreira, terceirização, contratação, Gestão de Desemprenho de Pessoas (GDP) e reestruturação. Desse encontro sairá a pauta específica a ser entregue à direção do banco para discussão do acordo aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho 2016/2017.