Após ataques, STF lança campanha em defesa da democracia. ‘Que o terror não se repita’

18 Jan 2023 57 VISUALIZAÇÕES

O Supremo Tribunal Federal (STF) lançou nesta terça-feira (17) um vídeo institucional em defesa do Estado democrático de direito. Trata-se de uma resposta aos ataques promovidos por terroristas bolsonaristas em 8 de julho. Assim como o Palácio do Planalto e o Congresso Nacional, o prédio da Suprema Corte foi totalmente depredado, alvo da fúria dos vândalos golpistas.

O vídeo traz imagens do Tribunal, com uma trilha sonora sombria, em alusão aos atos violentos perpetrados por bolsonaristas. Mas a mensagem é clara: “Vidraças foram quebradas. Estátuas foram derrubadas. Cadeiras foram arrancadas. Mas a defesa da Constituição segue inabalada”.

Assim, Democracia Inabalada é o primeiro de uma série de vídeos que o STF vai veicular nos próximos dias. O objetivo é “chamar a atenção para o lamentável episódio, para que não se repita”. Além disso, a campanha destaca que “a democracia e a Suprema Corte saem fortalecidas desses acontecimentos”.

Além da fachada vandalizada, os bolsonaristas depredaram o plenário do STF, destruindo computadores, mesas e cadeiras. Após ser entregue à PF por um homem que participou da invasão, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, devolveu o exemplar roubado para as mãos da ministra Rosa Weber, presidenta do Supremo.

A TV Justiça produziu os conteúdos com o apoio da Associação Brasileira de Agências de Publicidade (Abap). Para a sua difusão, o STF conta com o apoio da Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert). A campanha ficará no ar até 1º de fevereiro.

Além da própria TV Justiça, os vídeos estarão disponíveis em outras emissoras, sites e também nas redes sociais. Há também cards para compartilhamento por outros tribunais, órgãos públicos, entidade e quaisquer interessados em aderir à campanha.

Fonte: REDE BRASIL ATUAL