BMB
Bradesco
CEF
Itau
Santander

Assembleias para aprovar minuta devem ser realizadas de 6 a 10 de agosto

06 Aug 2015 22 VISUALIZAÇÕES

As entidades sindicais filiadas à Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf/CUT) devem convocar assembleias de 6 a 10 de agosto, para aprovar preacordo e a minuta geral da campanha salarial 2015, definida pela 17ª Conferência Nacional dos Bancários, que ocorreu no último fim de semana, em São Paulo(SP).

Na circular jurídica divulgada na terça-feira 28 de julho, a Contraf/CUT orienta que as assembleias sejam convocadas por meio de edital publicado em jornal de grande circulação, observando o prazo de convocação estabelecido no estatuto da entidade sindical. Caso contrário, será preciso observar o prazo mínimo de 48h. Há a recomendação de que seja guardada a folha inteira do jornal onde consta o edital de convocação da assembleia.

Outra orientação é para que sejam convocados todos os bancários (trabalhadores das instituições financeiras públicas e privadas), sócios e não-sócios. É solicitada ainda que sejam feitas a ata e a lista dos presentes na assembleia, deixando claro o quórum para a realização desse evento e a deliberação tomada, esclarecendo se foi por unanimidade ou qual a votação constatada. A minuta mínima unificada e preacordo deverão constar no texto da ata.

O prazo para envio de toda documentação vai até 11 de agosto.

Reivindicações

As principais reivindicações da campanha salarial deste ano da categoria bancária são reajuste salarial de 16%; PLR: três salários mais R$ 7.246,82; Piso: R$ 3.299,66 (equivalente ao salário mínimo do Dieese em valores de junho último); Vales alimentação, refeição, 13ª cesta e auxílio-creche/babá: R$ 788,00 ao mês para cada (salário mínimo nacional); Melhores condições de trabalho com o fim das metas abusivas e do assédio moral que adoecem os bancários; Emprego: defesa do emprego, combate às metas abusivas e ao assédio moral e fim da terceirização.