Banco do Brasil

Comunidade se mobiliza contra fechamento de agência do Banco do Brasil

01 Mar 2017 12 VISUALIZAÇÕES

Foto: Arquivo Seeb Bragança

Desde o dia 24, moradores do município de Bragança Paulista coletam adesões ao abaixo-assinado que pede que a administração do Banco do Brasil reconsidere o fechamento da agência 4246-3 (Dr. Freitas) do Banco Brasil, previsto para 17 de março.

“Bragança Paulista é um município de cerca de 150 mil habitantes, que é sede regional para uma série de serviços, incluindo os bancários. A abertura da agência 4246-3 foi uma alternativa não apenas para moradores, especialmente da Zona Norte, empresas e trabalhadores da “periferia” de Bragança Paulista, mas também para residentes nos municípios vizinhos, onde não há agências do Banco do Brasil. Até então, todos eram obrigados a se dirigir às duas únicas agências do banco, ambas localizadas a menos de 200m uma da outra, no Centro”.

E continua, explicando que o fechamento da unidade bancária é desserviço à comunidade porque “significa sermos obrigados a enfrentar o caótico acesso ao Centro, agência lotadas. Isto é, nos sujeitarmos ao atendimento demorado, pela redução do número de funcionários também prevista nesta “reestruturação” que o Banco do Brasil está promovendo ou a utilizar o atendimento eletrônico ao qual muitos não tem acesso”.

O Sindicato, que recentemente solicitou, na Tribuna Livre da Câmara Municipal de Bragança, interferência do Executivo Municipal para fiscalizar o cumprimento de leis municipais para minimizar o efeito dos fechamentos de agências bancárias, apoia a iniciativa.