GERAL

Receita paga lote residual do IR 2022 nesta sexta (28); veja se você foi contemplado

26 Apr 2023 62 VISUALIZAÇÕES

Contribuintes que caíram na malha fina na declaração do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) de 2022 – e que ainda não receberam a restituição do imposto – podem se preparar para o recebimento da parcela que será paga nesta sexta-feira (28).

Além destes, a Receita informou que também receberão o pagamento aqueles contribuintes que tiveram alguma divergência de dados no sistema e que já regularizaram as pendências.

O pagamento irá cair na conta bancária do contribuinte indicada no momento da declaração do Imposto de Renda. Mas pode também entrar na conta a partir da chave Pix do contribuinte, caso a tenha informado.

No total, serão contemplados mais de 290 mil contribuintes que já regularizaram sua situação com a Receita. Dentre estes, entram as prioridades: 3.647 contribuintes que tenham mais de 80 anos; 25.136 contribuintes que tenham mais de 60 anos; 3.957 contribuintes que tenham alguma deficiência ou doença grave; e 9.615 contribuintes que vivem com a maior renda proveniente do magistério.

Além dos grupos prioritários, outros 248.579 contribuintes não prioritários também serão contemplados no pagamento.

Para saber se está dentre os contemplados, o contribuinte deve acessar o site da Receita Federal e clicar na aba Meu Imposto de Renda. A consulta da restituição do Imposto de Renda pode ser feita clicando neste link. Na sequência, para visualizar o resultado da consulta, o contribuinte deverá inserir o número do seu CPF e data de nascimento.

Os contribuintes também podem consultar sua situação pelo aplicativo da Receita Federal disponível para download em sistemas Android e Apple.

Caso o contribuinte não verifique seu nome na lista, deverá entrar no Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC) e emitir o seu extrato. Caso haja pendências, o contribuinte deverá enviar uma declaração retificadora e aguardar o retorno da Receita Federal.

Os valores ficarão disponíveis para saque no Banco do Brasil pelo prazo de até um ano. Depois deste período, se o contribuinte quiser ter acesso ao dinheiro deverá solicitar o saque no Portal e-CAC, no menu “Declarações e Demonstrativos”. Na sequência deverá clicar em “Meu Imposto de Renda” e, em seguida, “Solicitar restituição não resgatada na rede bancária”.

Caso haja algum problema com a conta informada para depósito e a restituição não for depositada, o contribuinte poderá agendar para retirar o dinheiro em qualquer conta bancária em seu nome, por meio do Portal BB. Essa autorização também pode ser solicitada por telefone, ligando para a Central de Relacionamento do Banco do Brasil.

Fonte: CUT | FOTO: Marcello Casal Jr/Agência Brasil